Conheça o Escola Divulga Ciência


O que é ciência? Onde ela está? O que é cientista? O que eles produzem? Como funciona a divulgação científica? Pensando em responder essas questões, as professoras Laura Ferreira e Nathália Nunes desenvolveram um incrível projeto de extensão da UNILA chamado “Escola Divulga Ciência”. Publicado em eBook no ano de 2020, o material conta com quatro oficinas e suas respectivas atividades que guiam a compreensão da ciência e do cientista. Em cada oficina, o material é dividido entre "material do estudante" e "material do professor", para que cada participante tenha suas funções e atividades bem definidas. Como finalidade, o projeto busca apoiar o trabalho de formação de jovens leitores, em específico estudantes do sétimo ao nono ano do ensino fundamental, de forma interdisciplinar. Como dito pela professora Laura Ferreira, “[...] Ele [O objetivo da oficina] é cumprido quando a gente consegue perceber que eles [os estudantes] entenderam [...] onde está a ciência e quem produz”. Ademais, o trabalho aborda a quebra do paradigma de que ciência e cientista são coisas afastadas da “normalidade”, buscando aproximar esses jovens dos seus "Eus cientistas", que a professora considera como uma etapa crucial para que os estudantes estejam conscientes e possam se preparar para o seu futuro acadêmico e profissional.

O material foi pensado inicialmente para ser aplicado de forma presencial, mas as nuances da pandemia deram a oportunidade para as professoras repensarem no planejamento e execução do projeto e, no fim, o mesmo pôde ser aplicado tanto presencialmente quanto de forma on-line.


Oficinas


Imagem 1 - Oficinas presentes no eBook



Fonte: Imagem elaborada pelo autor


Cada uma das quatro oficinas se baseia em três etapas e uma sugestão de avaliação. Na primeira etapa, o objetivo é entender o que os estudantes já sabem sobre o assunto para que o professor possa guiá-los baseando-se em seus conhecimentos e interesses. Na segunda etapa, são sugeridas atividades e dinâmicas em sala de aula para aprofundar o tema de interesse. A terceira etapa promove uma maior interação entre os próprios estudantes para que eles possam debater sobre tudo aquilo que aprenderam até então.

Eu, cientista


Na primeira oficina, é esperado que os estudantes reflitam sobre o que é ciência e o que é a profissão de cientista, além de suas perspectivas no Brasil. Para refletirem, são apresentadas informações sobre cientistas brasileiros para que possam servir como inspiração e, no final, os estudantes devem criar um autorretrato mostrando como seriam se fossem cientistas.


Imagem 2 - Cordel com os "Eus cientistas" desenvolvido pelos estudantes


Fonte: Foto cedida pela profª. Laura Ferreira


Eu, leitor de ciência


Na segunda oficina, os estudantes são incentivados a escolher qual material de divulgação científica desejam consumir, montando sua própria "refeição".


Imagem 3 - Um menu sugerido para que os estudantes "devorem" ciência



Fonte: Ferreira, Laura M. L.; Nunes, Nathália. Escola Divulga Ciência (2020)


Eu, detetive da informação


Na terceira oficina, os alunos terão a oportunidade de virar detetives que devem buscar e combater a desinformação. O professor, representando o inspetor, auxiliará na dinâmica.


Imagem 4 - Dicas para que os jovens detetives desconstruam um boato


Fonte: Ferreira, Laura M. L.; Nunes, Nathália. Escola Divulga Ciência (2020)


Eu, jornalista científico


Para ampliar seus horizontes, os estudantes serão guiados à criação de um jornal, uma etapa comentada pela professora Laura como sendo, na prática, mais extensa que as outras, onde escolherão um tema científico e farão a divulgação do mesmo. A oficina propõe uma versão de um jornal que, apesar de simples, possui não só texto, mas também ilustração.


Imagem 5 - Desenho dos integrantes do jornal


Fonte: Foto cedida pela profª. Laura Ferreira


Aplicação


Imagem 6 - Estudantes realizando uma das atividades

Fonte: Foto cedida pela profª. Laura Ferreira



As oficinas foram aplicadas de forma presencial recentemente no Colégio Estadual Gustavo Dobrandino, em Foz do Iguaçu - PR. Apesar de ter sido aplicado durante o contraturno do período escolar e sem obrigação dos estudantes participarem, houve um claro interesse pelo projeto. Como notado pela professora Laura, os estudantes ficaram cada vez mais interessados pelas atividades e sentiram-se bem fazendo as mesmas. Provando o sucesso do material e recebendo exaltação dos professores, o Escola Divulga Ciência e seu brilhantismo devem ser aplicados em ainda mais escolas num futuro próximo. Deseja saber mais sobre o material e acessar suas informações na íntegra? Acesse-o no Repositório Institucional da UNILA no link a seguir: http://dspace.unila.edu.br/123456789/6238




 

Por Samuel dos Santos

Referência

Ferreira, Laura Márcia Luiza; Nunes, Nathália. Escola Divulga Ciência. Foz do Iguaçu: [s.n], 2020. Disponível em: <http://dspace.unila.edu.br/123456789/6238>

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo